Seguidores

segunda-feira, 9 de julho de 2012


Poema de Oriza
Não quero te perder
Tua ausência me tortura!
Não sentes saudades minhas?…
Eu sinto tantas, amor,
Até das nossas briguinhas!…
Como viver sem o ar
Sagrado que respiramos,
Sem o perfume das flores,
Sem tudo que mais amamos?…
Como não sentir a dor
De breves separações,
E a delícia do retorno,
Acalmando os corações?
Tu és o ar que respiro,
O jardim do meu viver,
Por esta e mais mil razões,
Eu não quero te perder!
By Oriza Martins
postado por marlene de goes

7 comentários:

Élys disse...

Linda poesia! Gostei muito!
Beijos.
Élys.

Mari Rehermann disse...

Mas que linda e profunda poesia, minha amiga querida!! Adorei!! essas coisas de amor e saudade, sempre mexem com o nosso coração!!

Tenha uma semana iluminada, querida Marlene!!
Beijos!!♥

Mari Rehermann disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
MA FERREIRA disse...

Marlene... que lindo poema!!
A imagem que o emoldura tb é muito bela..amei!!

bjs

Arnoldo Pimentel disse...

Um poema forte, belo, repleto de sentimentos.Uma linda semana pra você, beijos.

Majoli disse...

Está tão lindo o novo visual do blog querida, amei.
Que escolha linda de poesia, super romântica.

Beijos com muito carinho e o desejo de um delicioso dia.

edumanes disse...

Para a não perder
A correr eu vim
Poema de amor ler
Tão lindo sim!

Obrigado pela sua visita
Eu venho agradecer
Com seus elogios tão bonita
Mas eu tanto não merecer!

Bom dia diz você, ao seu amor
Eu digo bom dia mesmo sem a ver
Irei ao jardim colher uma flor
E à nossa amizade, a você oferecer!

Boa quinta-feira,
um abraço
Eduardo.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...