Seguidores

segunda-feira, 20 de fevereiro de 2012

DAS PEDRAS POEMA DE CORA CORALINA


    Ajuntei todas as pedras que vieram sobre mim.
    Levantei uma escada muito alta
    e no alto subi. Teci um tapete floreado
    e no sonho me perdi.
    Uma estrada,
    um leito, uma casa,
    um companheiro.
    Tudo de pedra. 
    Entre pedras 
    cresceu a minha poesia
    . Minha vida.
    .
    . Quebrando pedras
    e plantando flores.
    Entre pedras que me esmagavam 
    Levantei a pedra rude
    dos meus versos.
                             cora coralina
site blocosonline.com/literatura/epoesia

posado por marlene de goes



6 comentários:

sandrinha disse...

Que lindo poema este de cora coralina..adoro as escritas dela!
Bem amiga ainda estou em clima de carnaval na minha página!alegria e dança é comigo mesma né?rsrs!

Quero desde já te convidar para o meu niver que será agora dia 23 na quinta feira..venha fazer um brinde comigo...chegando aos 50 anos já nem acredito!Beijinhos!uma feliz semana para todos nós!

✿ chica disse...

Cora Coralina é muito boa sempre! beijos,chica

Canela Castela disse...

Oi Marlene
Obrigada pela visita adorei ver voce por lá.
Adoro Cora, me lembra a época de escola...
Beijos e tenha um otimo feriado.

Machado de Carlos disse...

Há nos versos luzes intensas; flores que crescem em minha vida. Há na poesia esta força que se encastela num tapete maior levando-nos a escalar as montanhas de pedras preciosas!

Heliane disse...

Cora Coralina escreveu com a alma. com o coração.Seus versos nos encantam.
Boa semana
beijos

Everson Russo disse...

Um belo poema que nos ensina a vencer as duras caminhadas da vida...beijos de bom dia amiga.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...