Seguidores

sexta-feira, 14 de janeiro de 2011

ALGO TAO INESPERADO


                      Ao pensar que estou mais tolerante,
                        Acontece-me algo tão inesperado,
                       Remetendo-me a efeitos do passado,
                       Como fosse uma bomba alucinante.

                         Não domino este lado eminente,
                      Dos desejos famintos e desvairados,
                      Que conduzem-me direto ao pecado,
                      Resguardando a ressaca inconsciente.

                         Como fosse o saber inconsistente,
                         A burrice predomina o descaminho,
                        Qualquer um pode ferrar-se sozinho.

                          Não percebendo o abismo elaborado,
                            Pelo fogo da serpente kundalini,
                         Transformando-se cobaia do desatino

Um comentário:

CLÁUDIA. disse...

JÁ DEI UMA PASSADINHA RÁPIDA,MAS PROMETO QUE VOLTAREI,JÁ ESTOU TE SEGUINDO,BJS QUERIDA!!!

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...