Seguidores

sábado, 22 de janeiro de 2011



Aqui Está minha Vida
 
 
Aqui está minha vida - esta areia tão clara
com desenhos de andar dedicados ao vento.
Aqui está minha voz - esta concha vazia,
sombra de som curtindo o seu próprio lamento.
Aqui está minha dor - este coral quebrado,
sobrevivendo ao seu patético momento.
Aqui está minha herança - este mar solitário,
que de um lado era amor e, do outro, esquecimento.
 
Autor: Cecília Meireles

2 comentários:

Maria José disse...

Olá. Vim retribuir sua visita ao Arca. Adorei o seu blog. Cecília Meirelles é sempre genial. Este poema, embora melancólico, é de uma beleza sem fim. Beijos.

Jeanne disse...

Poesia alimenta o espírito. e Cecília Meireles escreve divinamente...
Beijos

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...