Seguidores

quinta-feira, 15 de agosto de 2013

VERBO AMAR


verbo amar
Te amei: era de longe que te olhava
e de longe me olhavas vagamente...
Ah, quanta coisa nesse tempo a gente sente,
que a alma da gente faz escrava.
Te amava: como inquieto adolescente,
tremendo ao te enlaçar, e te enlaçava
adivinhando esse mistério ardente
do mundo, em cada beijo que te dava.
Te amo: e ao te amar assim vou conjugando
os tempos todos desse amor, enquanto
segue a vida, vivendo, e eu, vou te amando...
Te amar: é mais que em verbo é a minha lei,
e é por ti que o repito no meu canto:
te amei, te amava, te amo e te amarei!
(Poema de JG de Araujo Jorge
do livro -Bazar de Ritmos- 1935)
postado por marlene de goes
poema de JG DE ARAUJO JORGE













4 comentários:

Maria Rodrigues disse...

Que lindo verbo amar, como seria maravilhoso que o amor fosse sempre eterno.
Excelente escolha
Beijinhos
Maria

Ritinha disse...

Lindo isso!
Lindo demais!!!
Principalmente quando cita:

"Te amar: é mais que em verbo é a minha lei,
e é por ti que o repito no meu canto:
te amei, te amava, te amo e te amarei!"

Bem assim!!!
bjs e excelente final de semana
Ritinha

LUCONI disse...

Lindo lindo demais perfeito, Marlene deixei uma explicação lá no comentário dos Mentores de LUz, saudades amiga, beijos Luconi

Élys disse...

Uma linda poesia de amor.
Beijos.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...