Seguidores

quarta-feira, 23 de fevereiro de 2011

TEUS OLHOS ENTRISTECEM



Teus olhos entristecem.
Nem ouves o que digo.
Dormem, sonham, esquecem...
Não me ouves, e prossigo.
Digo o que já, de triste,
Te disse tanta vez...
Creio que nunca o ouviste
De tão tua que és.
 

Olhas-me de repente
De um distante impreciso
Com um olhar ausente.
Começas um sorriso.

Continuo a falar.
Continuas ouvindo
O que estás a pensar,
Já quase não sorrindo.
 
Até que neste ocioso
Sumir da tarde fútil,
Se esfolha silencioso
O teu sorriso inútil.



poema de Fernando Pessoa..
fonte-blogger.com/post-create.g

4 comentários:

Claúdia Luz disse...

Passando para deixar um grande beijo !!!

Linda escolha !!

RECANTO DOS AUTORES disse...

Marlene,que maravilhosa e doce sua escolha!Nada como ter um sorriso de amor no final!Grata por sua carinhosa visita!Bjs,

Chica disse...

Pessoa é maravilhoso e escolheste muito bem essa poesia!beijos,chica

MOMENTOBRASILCOM.blogspot.com disse...

Marlene, PARABÉNS! pelo trabalho e blog. Está no caminho certo. Siga em frente. Grato pela alusáo ao meu comentario no ARCA do CONHECIMENTO. MT PAZ!!!!Abrçs. Roy Lacerda.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...