Seguidores

terça-feira, 28 de junho de 2011

SONETO ANTIGO




Responder a perguntas não respondo.
Perguntas impossíveis não pergunto.
Só do que sei de mim aos outros conto:
de mim, atravessada pelo mundo.

Toda a minha experiência, o meu estudo,
sou eu mesma que, em solidão paciente,
recolho do que em mim observo e escuto
muda lição, que ninguém mais entende.

O que sou vale mais do que o meu canto.
Apenas em linguagem vou dizendo
caminhos invisíveis por onde ando.

Tudo é secreto e de remoto exemplo.
Todos ouvimos, longe, o apelo do Anjo.
E todos somos pura flor de vento.Cecília Meireles [Image]
Responder a perguntas não respondo.
Perguntas impossíveis não pergunto.
Só do que sei de mim aos outros conto:
de mim, atravessada pelo mundo.



POEMA DE CECILIA MEIRELIS
Postado por Marlene

7 comentários:

Paulo disse...

Lindo isto! A Cecília sempre linda.
Um beijo grande

✿ chica disse...

Muito legal e a Cecília ´maravilhosa,não?beijos,chica

Arnoldo Pimentel disse...

Muito lindo esse poema, parabéns pela escolha.Beijos

Dora Regina disse...

Como sempre uma boa poesia para se ler...
Amiga, já vi sua proposta, em breve farei a postagem.
Beijos no coração!!!

Lena disse...

Marlene, minha linda querida
Adorei o novo lay-out e o poema da Cecília, indescritivelmente lindo!Amiga, não achei a proposta da brincadeira, deve ser o sono, mas vou dar uma nova procurada e com certeza pode contar comigo. Bjkas com super carinho. Te admiro pra caramba!!!

Célia Gil, narciso silvestre disse...

Fabuloso o seu poema e todo o seu cantinho. É uma delícia! Bjs

Esperança disse...

Amada irmã Marlene,

Creio que a ciência deveria fazer um “casamento” com a espiritualidade... Sempre haverá caminhos a serem percorridos pela ciência, sempre haverá caminhos a serem desbravados pela espiritualidade. É um deles é a falta de fé... O mais difícil.

Abraços de luz

Muito obrigada pela visita

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...