Seguidores

segunda-feira, 28 de novembro de 2011

POEMAS DE CORA CORALINA

CORA  CORAGEM CORALINA
Lindo demais
Coração é terra que ninguém vê
Quis ser um dia, jardineira
de um coração - nada colhi.
Nasceram espinhos
e nos espinhos me feri.
Quis ser um dia, jardineira
de um coração.
Cavei, plantei.
Na terra ingratanada criei.
Semeador da Parábola...
Lancei a boa sementea gestos largos...
Aves do céu levaram.
Espinhos do chão cobriram.
O resto se perdeu
na terra durada ingratidão
Coração é terra que ninguém vê- diz o ditado.
Plantei, reguei, nada deu, não.
Terra de lagedo, de pedregulho,- teu coração.
Bati na porta de um coração.
Bati. Bati. Nada escutei.
Casa vazia. Porta fechada,
foi que encontrei...

Cora Coralina
SITE.Cora coragemcorapoesia.blogspot.com

postado por marlene de goes


4 comentários:

Anne Lieri disse...

Marlene,vc sempre nos trazendo essas perolas!Muito linda poesia de Cora Coralina!Bjs,

Machado de Carlos disse...

Os versos marcam uma passagem. E que nossa passagem seja a melhor de todas!

LUCONI disse...

Um poema belíssimo de Ana Carolina, além de belo contém uma mensagem edificante, mas nunca devemos desistir de plantar as sementes e de bater na porta dos corações um dias as sementes irão germinar e a porta se abrir, adorei Marlene, beijos Luconi

Hana disse...

Oi amor meu, sabe a tempos que sabes amo Cora Coralina, este poema é especial pra mim já o li muito, em tempos difíceis, é quase uma oração, uma reflexão.

Marleninha meu tempo é escasso, mas não para doar amor, e atenção, olha deixo meu computador ligado e em quanto faço minhas coisas, as vezes venho correndinho visitar amigos do blog, em meio ao meus caos maravilhoso...rss, e faço tudo escutando música, meu tempo de ler, e escrever é a noite, como a noite me inspira, o silencio tbém me tras respostas para muitas coisas, e pela manha tbém fico tranquila da 6:30 até umas 9:00 horas depois é tudo programadinho.
beijos amor meu!
com carinho
Hana

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...