Seguidores

segunda-feira, 26 de março de 2012

PARALÉLO IMPERFEITO


Descem a encosta dos montes
As águas frias, barrentas,
Resultantes das tormentas
Que assolam suas fontes…
Assim também os meus sonhos
Resvalam pelas vertentes
De lutas intermitentes
Em ingratos horizontes…
As águas dos temporais,
Limpas, cíclicas, retornam
E a natureza transformam
Em fascinantes caudais…
Mas meus ciclos de bonança
Relutam em retornar
E novas chances me dar
De ver os sonhos reais…
Se a água pura, em descida,
Fertiliza a natureza,
Sacraliza com beleza
A união que gera a vida,
Nos ciclos de meu viver
Dissolvem-se as esperanças
Mescladas com as lembranças
De cada ilusão perdida…





8 comentários:

Ana Dias disse...

Bom dia querida Marlene!!
Retribuindo seu carinho desejando a vc e família uma semana abençoada pelos anjos.
Querida fiz um blog com cartões caso queira conhecer fique a vontade, ok?
Fique a vontade para usá-los.
Está linkado no anjos mnsagens de luz..
Bjos em seu coração.

✿ chica disse...

Muito linda essa poesia,Marlene!!uma ótima semana,beijos,chica

Mari disse...

Bom dia querida amiga Marlene, linda a poesia, adoro tudo o que se refere à água...sempre que ouço a música do Guilherme Arantes, Planeta Àgua, me emociono....
Tenha uma excelente semana, querida!
Beijos!♥

Leonice disse...

Poema lindíssimo amiga.
Um carinhoso abraço e uma semana de muita paz!

Carla Fernanda disse...

A fé é companheira da esperança ... com elas a pessoa tudo alcança Marlene.
Linda mensagem!!!
Boa noite querida!!

Arnoldo Pimentel disse...

Muito lindo esse poema, parabéns pelo bom gosto.Beijos

Everson Russo disse...

Muito belo poema minha amiga...beijos de bom dia pra ti.

Anne Lieri disse...

Marlene,que poesia mais linda e apaixonada!Gostei demais,amiga!bjs e meu carinho!

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...